Das experiências e reflexões em práticas sistêmicas, segue o Direito Sistêmico com um novo olhar, mais humanizado, evoluído, em busca de soluções eficazes dos conflitos. É uma prática humanizada, consciente, podendo ser aplicada aos diversos ramos do direito (civil, empresarial, desportivo, penal…dentre outros). Ao profissional sistêmico cabe um olhar mais integrativo, profundo, abrangente. É necessário enxergar além: compreender as causas do conflito, analisar o comportamento e os padrões das partes envolvidas, auxiliando os envolvidos em suas fragilidades , animosidades, acusações, sentimentos de vingança, lealdades invisíveis aos padrões familiares negativos, com objetivo de despertar e ampliar consciências para encontrar a melhor solução da lide.
É muito importante estimular essas práticas, construir debates produtivos nesse sentido, mudar paradigmas e desestimular o conflito ineficaz, que só congestiona o judiciário, é preciso garantir a celeridade processual.
O Direito Sistêmico tem infinitas vantagens e possibilidades, podendo ser visto como um novo olhar, um novo modo de se posicionar em busca da efetividade na solução de conflitos.