Vida, profissão & soft skills

Vida, profissão & soft skills

Existe um ditado muito comum no mundo corporativo: As empresas contratam pessoas pelas suas competências técnicas e as demitem pelas comportamentais.
Você investiu na sua carreira ( e vai sempre investir), você foi para o mercado de trabalho e deseja no mínimo estabilidade, reconhecimento e sucesso.
Podemos ter competências técnicas notórias ( o mundo gosta e exige isso) entretanto, não se esqueça: as habilidades comportamentais são determinantes para você obter êxito na sua carreira.
De nada adianta ser “o cara” do setor , o cérebro da equipe, o especialista no assunto, se você não tem inteligência emocional, senso crítico, flexibilidade cognitiva, espírito de colaboração em equipe…dentre outras habilidades comportamentais, também chamadas de soft skills.
Lembre-se : estamos sempre aprendendo. Não importa sua idade, seus anos de estrada, aprenda sempre, inclusive com as diferenças, só assim você adquire maturidade profissional.
O mundo anda cheio dos “sabe-tudo” que às vezes sabem, mas de forma limitada pela arrogância, pela falta de humildade ou pela preguiça de aprender (ou reaprender).
É importante estar atento com a ambição excessiva, ela pode nos cegar a tal ponto de nos distanciar da maturidade profissional.
Calma, paciência, dedique-se… se quiser a excelência e o reconhecimento lembre-se : o que faz um bom piloto são as horas de vôo.
A sociedade passa por constantes mudanças, o mercado cada vez mais exigente nos impulsiona a assumir uma postura de evolução constante e nessa nova era, os profissionais buscam mais autonomia e flexibilidade para atuar. Adequar é preciso, seja flexível também.
O mundo é de quem melhor se adapta, invista na sua profissão, tenha expertise, busque excelência no que faz, mas jamais se esqueça que suas habilidades comportamentais são essenciais para o sucesso da sua profissão.